Seria eu um newbie?

Me chamo Isaias Mulatinho. Sou designer e comunicador. Fora de rota, cursei direito na UFRN. Em 2017.1 cursei Tecnologia da Informação, no IMD - UFRN. Pratico e estudo design por conta própria desde a adolescência, dos tempos do Photoshop 5, quando ter uma RAM de 128 kilobytes era "da hora". Hoje meu computador "da hora" tem 30 vezes mais capacidade. Minha cabeça acompanhou esta evolução.

Apelido? Não, sobrenome

Há quem pergunte se Mulatinho é apelido. — É sobrenome. Existe até uma anedota do primeiro Mulatinho, um português mascate que se estabeleceu no interior de Pernambuco e que trocou seu sobrenome por ofender um jovem ao chamá-lo de... Mulatinho, claro. Esse português teria dito — Pois só para desfazer o mal-entendido, a partir de hoje, me chamarei Manoel Mulatinho, pois! — E assim ficou! Fato histórico.

Visão de mundo

Mais do que um designer, sou um vendedor nato, colecionador de habilidades e idealizador de produtos. Meu trabalho envolve de branding, design digital de usabilidade e interface, caracterização de produtos, criação de conteúdo e marketing. Abraço toda marca que tenha um bom propósito e um bom produto.

Qualidade de vida

Moro em Ponta Negra, uma das mais belas praias urbanas do Brasil. Meu estilo de vida é o sonho para qualquer um que viva fora dos trópicos. O lazer é rotina e o trabalho é regra. Aqui estou próximo dos meus dois filhos, Vida e Davi, de 10 e 4 anos, de idade. Foi em Ponta Negra que conheci uma forte mulher, Bárbara, uma estudante de biologia de 23 anos. Somos um casal unido e nossos planos convergem sempre.

Navegar é preciso

Tudo flui. Por isso desejamos deixar Natal em busca de cultura profissional. O contexto é importante. Planejamos mudança de base em Dezembro de 2018. PEnsamos em Minas Gerais ou Santa Catarina como novo lar. Quero trabalhar em uma empresa relevante, na qual eu possa aplicar toda minha experiência, fortalecer minhas habilidades e inspirar colegas. A Bárbara trabalhar com análises de laboratório e tem meu apoio.

Spotify my feelings

Dizem que a música fala muito sobre a personalidade. Meu perfil no Spotify conta com várias listas próprias. No quadro ao lado, uma seleção casual, Universo Criativo, que inspirou este site. Como profissional, ofereço listas personalizadas para ambientar pontos de venda como parte do trabalho de marca. Siga-me no Spotify e acompanhe minha atividade.

O mercado hoje

Sair do lugar comum. Fazer marketing nunca pareceu tão fácil e jamais foi tão difícil quanto hoje em dia, em um contexto interconectado e para um público ultra-exigente. Saber o quê e como fazer é meu grande trunfo.

Um homem de propósitos

Meu propósito com negócios está em repaginar toda a comunicação visual da marca que seja viável de executar, incluindo logotipos, identidade, sites e aplicativos, conteúdos, apresentações, documentos, embalagens, bem como planejamento visual para mídias sociais, peças de publicidade como outdoors, catálogos, anúncios, vídeos ilustrativos e outros.

Design é planejamento

A base do design é a planejamento. Planejar logotipo, conteúdo, apresentações, guias de estilo, interfaces para websites, aplicativos, sistemas, etc. Ser apenas bom não é suficiente para alcançar as soluções adequadas: O planejamento elimina muitos riscos e atenua consideravelmente o stress de sua equipe na lida com o cliente.

Agências Digitais

Como designer de UX/UI já participei de projetos no mercado brasileiro e no mercado internacional. Com base fixada em Natal, tenho, trabalhos, por exemplo, no Erechim (extremo sul), e até em Porto Velho, no extremo oeste do país. O lema é "Sair melhor de cada projeto do que estava quando entrei", para tanto, ofereço uma parceira sólida e segura.

Nota de agradecimento

Agradeço a todos com quem tive a sorte de trabalhar junto — Especialmente José Morettoni, Danilo Araújo , Enrique Robledo , Mateus Medeiros, Leandro Mendes, Ruddy Cavalcanti, Milton Resmini, Eduardo Daroche, Isaac Uchoa, Raul Justiz, Fernando Lessa e Adriana Keller.

Àqueles colegas do projeto Stepmoney — Eduardo Marinho, Leda, Fabio Santos, Stefan Yohansson, Felipe Carvalho, Levi Herrera, Paulo Victor, Cesimar Xavier, Jean Jar, Priscila Azevedo, Alexandre Azevedo e tantos outros, 1-2-3-4! Sou agora um pouco de cada um de vocês. Também às pessoas que me ensinaram sobre o fracasso: Sem tê-los vivido, não seria quem sou hoje. Vida longa a todos vocês.









Subscribe